Naturpenha – Tratamento Natural para a Psoríase

Mês: Novembro 2015

10 Formas de prevenir o aparecimento dos sintomas da Psoríase

Quando tem uma doença como a Psoríase, convém seguir as indicações do seu médico. Ainda assim, pode fazer muito em seu próprio proveito para ajudar a controlar e prevenir as crises.

  • Use cremes hidratantes.

Os sintomas pioram quando a sua pele está seca, por isso mantê-la húmida com cremes e loções será obrigatório. Cremes mais espessos e oleosos, como a vaselina, são geralmente melhores, uma vez que ajudam na retenção da humidade abaixo da pele. De forma a ajudar a remover a pele escamada, deverá aplicar o creme em cima das mesmas, e de seguida seguida, cobrir a área com película adesiva ou outro material impermeável. Deixe por algumas horas e depois remova-o.

A patch of psoriasis on an elbow.

  • Cuide da sua pele e do couro cabeludo.

Tenha cuidado com a sua pele. Escolha sempre, cautelosamente, os produtos que irá usar, pois poderão provocar irritações e provocar o aparecimento dos sintomas. Tenha cuidado ao aparar as unhas. Ao cortar-se, poderá provocar uma inflamação dos sintomas. Se tiver psoríase no couro cabeludo, use shampôs adequados e especializados – tais como shampôs de alcatrão – no couro cabeludo. Banhos regulares com produtos suaves, tais como soluções de alcatrão, poderá causar um alívio constante da sua pele.

  • Evite o tempo seco e frio.

O clima pode ter um grande efeito sobre a psoríase. Em muitos casos, o clima frio e seco piora os sintomas. O tempo quente geralmente faz com que os sintomas abrangem, em regra geral.

  • Use um humidificador.

É importante manter a pele húmida. Ligue o humidificador quando notar que a pele se encontra demasiado seca.

  • Evite medicamentos que causam crises.

Notifique o seu médico sobre todos os medicamentos que toma. Pergunte se os mesmos podem afetar a psoríase. Estes são alguns medicamentos que são conhecidos por piorar os sintomsa:

  • Lithium, usado ​​para tratar distúrbios psiquiátricos;
  • Propranolol e, possivelmente, outros beta-bloqueadores, que são prescritos para doenças cardíacas;
  • Quinidine (Cardioquin ou Quinidex), medicamentos para arritmias cardíacas;Se estiver utilizando algum destes medicamentos, consulte o seu médico sobre substitutos.
  • Evite arranhões, cortes, choques e infecções.

É extremamente importante que as pessoas que têm psoríase evitem choques e cortes. Estes traumas da pele podem causar um surto: uma condição chamada “fenômeno de Koebner.” As infecções também podem causar certos problemas futuros. Seja, especialmente, cuidadoso ao fazer a barba. Evite ao máximo acupunturas, tatuagens e faça tudo par evitar picadas de insetos e escoriações.

  • Obter um pouco de sol, mas não muito.

Os raios ultravioleta retardam o crescimento das células da pele, por isso as doses moderadas de sol são suficientes. Seja breve, pois 20 minutos ao sol são suficientes. E, claro, use protector solar. As queimaduras e escaldões aumentem os sintomas de psoríase e ao mesmo tempo o aparecimento de cancro da pele. Tenha cuidado! Alguns medicamentos podem tornar a pele mais sensível aos raios ultravioleta, por isso consulte o seu médico, em primeiro lugar.

  • Evite o stress

Embora não tenha sido comprovada, muitas pessoas associam as crises de stress ao aparecimento da psoríase. Por isso, tente relaxar. Pode tornar-se mais fácil dizer do que fazer, mas poderá usar técnicas de relaxamento, como a meditação ou a yoga, numa fase inicial.

  • Tenha em atenção a quantidade de álcool que ingere.

A conexão entre o álcool e a psoríase não é provada cientificamente, mas algumas pessoas crêem que pode piorar os sintomas, especialmente no sexo masculino. O álcool pode ser perigoso se for conjugado com alguns medicamentos para a psoríase, portanto verifique com o seu médico.

  • Exercício, alimentação equilibrada e manter um peso adequado.

Embora não hajam estudos que mostrem uma ligação entre uma dieta equilibrada e a psoríase, os especialistas recomendam às pessoas uma dieta bem equilibrada, que é rica em frutas e legumes. Algumas pessoas reportaram que os seus sintomas melhoram quando deixaram de consumir leite ou glúten. O exercício físico também pode ajudar a combater os sintomas e aliviar o stress. Alguns estudos mostram que o excesso de peso pode desencadear certas crises, e que por isso, é fundamental manter um peso saudável.

Já conhece o nosso tratamento de psoríase 100% natural?

A Naturpenha desenvolveu um produto com ingredientes 100% naturais, inspirado numa receita centenária, que já produziu excelentes resultados em mais de 800 pacientes em todo o Mundo, como pode testemunhar na secção do nosso website, “testemunho”. O balanço positivo já ultrapassa os 95%, somente através deste produto natural. E o seu caso pode ser o próximo. Porque não testar?

Leia AQUI mais informações sobre o nosso tratamento natural da Psoríase, ou contacte-nos para mais esclarecimentos.


Uncategorized
Comentários fechados em 10 Formas de prevenir o aparecimento dos sintomas da Psoríase

Pode o ómega-3 ajudar a tratar a Psoríase?

Simplificando, os ácidos gordos do ómega-3 são gorduras que estão presentes nas membranas das células. São responsáveis por afetar muitas das funções do nosso corpo, desde a coagulação do sangue até à inflamação.

Existem três tipos de ácidos gordos do ómega-3:

  • ácido alfa-linoléico (ALA): encontrado em óleos, nozes e vegetais;
  • ácido eicosapentaenóico (EPA): encontrado principalmente nos peixes;
  • ácido docosahexaenóico (DHA): denominado de ómega-3 marinho, também encontrada em peixes e mariscos.

ALA, EPA, DHA são gorduras poliinsaturadas. As gorduras insaturadas não contribuem para o acúmulo de placas nas paredes das artérias ao contrário das gorduras saturadas. Elas ajudam a reduzir os níveis de triglicérides e níveis de pressão arterial em algumas pessoas, é por isso que elas são boas para a saúde do coração.

ómega 3 e o tratamento da psoríase

Ómega-3 e Psoríase

O ómega-3 ajuda a psoríase devido ao seu papel na prevenção da inflamação.

Alguns medicamentos imuno-supressores podem ajudar a retardar a progressão da doença, e são responsáveis por fazer o corpo parar de se auto-inflingir. No entanto, a questão da inflamação permanece. A inflamação provoca coceira e dor, que será acompanhada do aparecimento dos vermelhões. Embora certos medicamentos possam ajudar a amenizar a inflamação, os ácidos gordos do ómega-3 ajudam a melhorar a sua condição. Isto porque os mesmos têm propriedades anti-inflamatórias, uma das suas principais características.

Os vários tipos de ómega-3 são usados, ​​em conjunto com tratamentos médicos, para uma longa lista de tratamentos de doenças, como as doenças auto-imunes e inflamatórias, que incluem:

1) artrite reumatóide: um outro tipo de doença auto-imune;

2) Doença de Crohn: uma condição inflamatória do intestino;

3) Colite Ulcerosa: inflamação do trato digestivo;

4) Lúpus: uma doença auto-imune;

5) Dermatite atópica: uma condição da pele.

Os ácidos gordos do ómega-3 podem ser eficazes em pessoas com Psoríase, pois esta doença pode interferir tanto com o funcionamento físico, como mental, assim como o cancro e a depressão faz.

O desconforto e a perda de auto-confiança, associados à erupção cutânea, podem causar a difícil conclusão das atividades diárias e levar a um esgotamento. Aumentar a sua ingestão de ómega-3 pode ajudá-lo a sentir-se melhor. É certamente uma alternativa a tentar!

ómega-3 e Psoríase

Fontes de Omega-3:

Dois dos três tipos de ácidos gordos do ómega-3 são encontrados principalmente nos peixes e mariscos, como referido anteriormente. Para aqueles que gostam de frutos do mar, o aumento do consumo deste nutriente essencial será fácil. Um conjunto de outros alimentos, incluindo frutas, verduras e tofu também contêm ómega-3. Se tiver dificuldade em ingerir alimentos ricos em ómega-3, recomendamos que use um dos muitos suplementos de ómega-3 disponíveis no mercado.

Fale sempre com o seu médico ou nutricionista sobre a ingestão de suplementos, neste caso, de óleo de peixe, e se na sua dieta está em falta o ómega-3.

Ómega-3 psoríase


Naturpenha
Comentários fechados em Pode o ómega-3 ajudar a tratar a Psoríase?

Psoríase e Stress – Qual a ligação?

Embora a Psoríase seja uma doença do sistema imunitário, há uma variedade de factores que podem causar o seu aparecimento. Um desses factores é o stress. Mas porque será isto assim? O stress físico e/ou mental pode causar a libertação de certos agentes químicos que podem causar certos sintomas como: a dor, a comichão e em pior caso, as inflamações. Mas há boas notícias! É que há uma grande variedade de maneiras de lidar com o stress.

Psoríase e o Stress

1) Assuma o controle de seus sentimentos.

A Psoríase pode afetar as suas emoções. Por exemplo, pode sentir-se constrangido ou frustrado, o que pode tornar difícil desfrutar de certas situações sociais. Reconhecendo as suas emoções pode ajudá-lo a sentir-se melhor. Lembre-se sempre que somos todos diferentes, mas todos iguais!

2) Não se desculpe dos seus sentimentos.

É natural e perfeitamente aceitável que se sentia envergonhada/o, irritada/o, ou frustrada/o.

Fale com um amigo, membro da família, ou psicólogo, pois fechar-se da sociedade não é a melhor opção, pelo contrário! É importante ter alguém que ouça os seus sentimentos e preocupações. Um ombro amigo e um pouco de apoio podem fazer maravilhas.

3) Eduque-se.

Saiba mais sobre as possíveis causas da Psoríase e encontre dicas que o ajudem a explicar os sintomas aos círculos onde está inserido. Pode começar por dizer às pessoas que não é contagioso, É uma condição, que irá acompanha-la/o durante toda a vida, do sistema imune ,com sintomas que podem aparecer a qualquer momento.

4) Assumir uma abordagem activa ao tratamento.

Conheça as suas opções e mantenha-se explorando novos tratamentos com o seu dermatologista até encontrar um que funcione consigo.

Informe o seu médico sobre o peso que a Psoríase está a assumir na sua vida. Converse com o seu dermatologista um médico para que ele ou ela entendam, totalmente, como a Psoríase está a afetar a sua vida. Use este guia para o acompanhar nos primeiros tempos.

5) Perder o stress. Sentir-se melhor.

Mantenha-se ativo através de um desporto, faça atividades com amigos ou apenas dê uma caminhada para esquecer os problemas, levantar o espírito e aliviar o stress. Abaixo estão algumas atividades que podem ajuda-la/o a relaxar e geralmente a sentir-se melhor. Escolha aquelas que lhe interessam, mas não se esqueça de confirmar com o seu médico, antes de começar.

5.1) Yoga combina uma série de posturas do corpo e estende-se à respiração corporal. Acredita-se que as posições permitem relaxar os músculos e melhoram o fluxo sanguíneo. Como resultado, o stress e a tensão são libertados.

O exercício regular pode ajudar a diminuir o stress e a relaxar. Tem um efeito calmante sobre as suas emoções.

5.2) A Meditação envolve focar a mente num pensamento, numa palavra, num objeto ou até mesmo na sua própria respiração, durante um determinado período temporal. Embora não seja totalmente claro quais os efeitos que tem sobre o corpo, acredita-se que ajuda a relaxar os músculos, a melhorar a pressão arterial, a frequência cardíaca e a respiração.

5.3) O Tai chi é uma série de movimentos destinados a mover suavemente o “chi”, ou energia, através do corpo. Acredita-se que o benefício vem da prática regular e melhorias lentas na postura e alinhamento do corpo. Os próprios movimentos também são calmantes e relaxantes.

5.4) As Massagens podem ser usadas como uma forma de ajudar a aliviar a tensão muscular, diminuir o stress, e, além disso, ajudam a relaxar o corpo e a mente! Também podem ser utilizadas para aliviar e controlar a dor crónica e aguda.

A visualização e imaginação em certos lugares ensinam-lhe a tornar-se mais tranquila/o e a usar isso a seu favor para aliviar a tensão.

Nunca se esqueça que estes fatores são uma ajuda indispensável para combater os sintomas da psoríase, e para que tenha uma vida mais descansada e tranquila.

Já experimentou o nosso tratamento 100% natural para a Psoríase. Saiba mais aqui.


Naturpenha
Comentários fechados em Psoríase e Stress – Qual a ligação?